Revista de Administração Revista de Administração
NOTICE Undefined index: cita (modulos/navegacion/item-nav.php[32])
DOI: 10.1016/j.rausp.2017.07.002
Original Article
A performance model for Public–Private Partnerships: the authorized economic operator as an example
Um modelo de desempenho para parcerias público-privadas: o operador econômico autorizado como exemplo
Un modelo de rendimiento para asociaciones público-privadas: el operador económico autorizado como ejemplo
Matheus Leite Campos, Cristiano Morini, , Gustavo Herminio Salati Marcondes de Moraes, Edmundo Inácio
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Faculdade de Ciências Aplicadas, São Paulo, SP, Brazil
Recebido 07 Fevereiro 2017, Aceitaram 18 Julho 2017
Abstract

Public–Private Partnerships (PPPs) have become known as one of the alternatives for increasing the effectiveness of border controls. Excessive controls and the lack of cooperation can hinder trade in global operations. On the other hand, Trade Facilitation (TF) is a response to the observed growth in international supply chain operations over the last few years. Since TF involves a relationship between public and private agents, alternatives to solutions within the field of international trade fall into these types of partnerships. However, simply establishing a relation between both agents does not ensure that all of the benefits of TF will be reached. The objective of this research is to propose a theoretical model, one that can indicate which factors have the most influence over TF-oriented PPPs. The relationship between each variable and the performance of a partnership were tested. To validate the proposed model, we used Structural Equation Modelling (SEM). The findings show which factors influence the success of TF-oriented PPPs, using the Authorized Economic Operator (AEO) as an example. The data were gathered both at the national and international levels, focusing on professionals from the private and public sectors who either work with TF within their regular functions or have expertise on the subject. The results show that the factors that have the most influence over the performance of TF-oriented PPPs are, in order, the “micro-environment”, the “abilities of parties” and the “macro-environment”. Further PPPs that focus on TF may consider this model for implementation.

Resumo

As Parcerias Público Privadas (PPP) ficaram conhecidas como uma das alternativas para aumentar a eficiência dos controles de fronteira. Controles excessivos, falta de cooperação e procedimentos burocráticos podem atrapalhar o comércio em operações globais. Por outro lado, a Facilitação Comercial (FC) é uma resposta ao crescimento das operações de cadeias de suprimentos internacionais. Já que FC envolve uma relação entre os agentes públicos e privados, alternativas para o plano do comércio internacional encontram respaldo nesse tipo de parceria. Contudo, simplesmente estabelecer uma relação entre as partes não é garantia de que todos os benefícios da FC serão atingidos. O objetivo dessa pesquisa foi propor um modelo teórico que consiga indicar quais sãos os fatores que mais influenciam o sucesso de PPPs voltadas à FC. As relações entre cada variável e o desempenho da parceria foram testados de forma a quantificar suas forças. De forma a validar o modelo proposto foi utilizado o método de Modelagem de Equações Estruturais (SEM, na sigla inglesa). Os resultados mostram quais são os fatores que mais influenciam o desempenho de PPPs, valendo-se do programa Operador Econômico Autorizado (OEA) como referência para programas de FC. Os dados foram coletados, tanto em nível nacional, quanto internacional, focando em profissionais dos setores público e privado que trabalham diretamente com FC ou possuem conhecimento sobre o assunto. Os resultados mostraram que os fatores que mais influenciam o desempenho de parcerias voltadas à FC são, respectivamente, o microambiente, as habilidades das partes e o macro ambiente. Futuros programas de PPPs com ênfase em facilitação comercial podem se valer de modelos como esse para sua implementação.

Resumen

Asociaciones Público-Privadas (APP) se hizo conocido como una de las alternativas para aumentar la eficacia de los controles fronterizos. Controles excesivos, falta de cooperación y procedimientos engorrosos pueden obstaculizar el comercio en las operaciones globales. Por otro lado, la facilitación del comercio (FC) es una respuesta al crecimiento observado en las operaciones internacionales de la cadena de suministro en los últimos años. Desde que FC implica una relación entre los actores públicos y privados, las alternativas al plan del comercio internacional son compatibles con este tipo de asociación. Sin embargo, solamente establecer una relación entre las partes no asegura se alcanzarán todos los beneficios de la FC. El objetivo de esta investigación es proponer un modelo teórico que puede indicar cuáles son los factores que influyen en el éxito de las APP dirigidas a FC. La relación entre cada variable y el rendimiento de la asociación se ensayó. Con el fin de validar el modelo se utilizó el método de Modelos de Ecuaciones Estructurales. Los resultados muestran los factores que más influyen en el rendimiento de las APP, aprovechando el Operador Económico Autorizado (OEA) como referencia para los programas de facilitación. Se recogieron los datos, tanto a nivel nacional como internacional, centrándose en los profesionales de los sectores públicos y privados que trabajan directamente con FC o tienen conocimiento de ello. Los resultados mostraron que los factores que más influyen en las asociaciones orientadas a FC son, respectivamente, el “microambiente”, las “capacidades de las partes” y el “entorno macro-”. Futuros programas de APPs con énfasis en facilitación del comercio pueden considerar este modelo para su implementación.

Keywords
Structural equation, Performance of partnerships trade facilitation, International trade
Palavras-chave
Equações estruturais, Desempenho de parcerias, Comércio internacional
Palabras clave
Ecuaciones estructurales, Rendimiento de las asociaciones, Comercio internacional
NOTICE Undefined index: cita (modulos/navegacion/item-nav.php[32])
DOI: 10.1016/j.rausp.2017.07.002
Política de cookies
x
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aquí.