Revista de Administração Revista de Administração
NOTICE Undefined index: cita (modulos/navegacion/item-nav.php[32])
DOI: 10.1016/j.rauspm.2017.06.001
Original Article
Political strategy and the growth of business groups
Estratégia política e crescimento dos grupos empresariais
Marina Amado Bahia Gamaa,, , Rodrigo Bandeira-de-Melloa,b, Juliano Danilo Spuldaroc
a Fundação Getulio Vargas, São Paulo, SP, Brazil
b Merrimack College, Girard School of Business, North Andover, United States
c Universidade do Oeste de Santa Catarina, Joaçaba, SC, Brazil
Recebido 04 Janeiro 2016, Aceitaram 28 Junho 2017
Abstract

How do companies and government interactions affect business groups’ decisions on growth? So far, empirical evidence is based on qualitative data that do not explain how political strategies affect the expansion or diversification of business groups. Our main contribution is to discuss the conditions that affect their growth. To do this, we conducted an in-depth field study in six business groups, and examined 17 growth decisions. Four categories (origin of growth, historical relationships, business group's scope and use of specific political strategies) emerged from the analysis, based on interviews with managers and on 480 secondary data sources. We further applied the qualitative comparative method to test our categories as conditions for growth. We found that a historical relationship between the group and the government is a necessary but insufficient condition for growth through diversification. To foresee diversification, historical relationship must be aligned with government's political interest, or with the use of one or a combination of specific political tactics. We found no set of variables that can fully explain growth through expansion.

Resumo

Como as interações entre as firmas e governo afetam as decisões de crescimento dos business groups? Evidências empíricas existentes não explicam como as estratégias políticas afetam a expansão ou diversificação dos business groups. A principal contribuição é discutir as condições que afetam o crescimento dos business groups. Para responder isso foi realizado um estudo de campo em profundidade em seis grupos empresariais e foi analisado 17 exemplos de crescimento desses seis business groups. Quatro categorias emergiram a partir das entrevistas com diretores e presidentes e 480 fontes de dados secundários (categorias: origem de crescimento, relacionamento histórico, escopo do business group e estratégia política específica). Foi aplicado o método QCA para testar as categorias como sendo condições para o crescimento. Descobrimos que ter uma relação histórica entre o grupo empresarial e o governo é uma condição necessária, mas não suficiente para o crescimento grupo empresarial por meio da diversificação. Para prever a diversificação, a relação histórica deve ser somada com o interesse político governamental ou com o uso de um ou uma combinação de táticas políticas específicas da firma. Não foi encontrado nenhum conjunto de variáveis que possa explicar plenamente o crescimento via expansão.

Keywords
Business groups, Political strategy, Diversification
Palavras-chave
Grupos empresariais, Estratégia política, Diversificação
NOTICE Undefined index: cita (modulos/navegacion/item-nav.php[32])
DOI: 10.1016/j.rauspm.2017.06.001